Cerimônia Especial de Adoção de Lowtons - São Paulo


Descrição: Caros Irmãos,

Visando incentivar ação realizada pela Grande Secretaria de Entidades Paramaçônicas do Grande Oriente Paulista em suas Lojas, publicamos o vídeo editado (Ordem do Dia) da Cerimônia Especial de Adoção de Lowtons, realizada em nossa Sede em 26 de outubro de 2019.

Pela cerimônia de Adoção, os “Lowtons” tornam-se filhos adotivos da Loja, que contrai para com eles a obrigação de servir-lhes de Tutor e Guia na vida social.  Atendendo ao empenho sagrado, as Lojas não devem conceder esta adoção, senão com Prudência.

A adoção de Lowtons é uma cerimônia maçônica ritualística considerada uma espécie de apadrinhamento de meninos, filhos ou netos de maçons.   A adoção de Lowtons teve começo depois da fundação da Maçonaria Especulativa, ou seja, a partir de 1717. Segundo alguns autores, a origem desta cerimônia é muito antiga e estaria ligada aos Mistérios de Ísis no Antigo Egito, quando tinha o significado de "festa do jovem lobo"; daí alguns, ainda hoje, darem ao título "Lowton" o significado de "lobo" ou "lobinho" ou até desvirtuando o sentido inicial "leãozinho".

A idade exigida para um menino seja adotado como Lowton, depende da Potência Maçônica, mas de modo geral a idade mínima é de 07 (sete) anos e a máxima pode variar dos 16 (dezesseis) aos 18 (dezoito).   A Loja e o padrinho assumem responsabilidades ao adotar uma criança como Lowton.

A tradição determina que na falta do pai, a Loja fique responsável pelo estudo do jovem até a universidade e o padrinho responsável para que nada falte ao rapaz seu afilhado.